18/05/2017
Ana Carolina Carvalho

"Você partiu meu coração, ai meu coração
Mas meu amor, não tem problema, não, não
Agora vai sobrar então (o quê? O quê? Ai)
Um pedacim pra cada esquema
Só um pedacim..."


Quem nunca cantou essa música antes mesmo dela existir que atire a primeira pedra. Opa! Peraí. Se você disse não, ótimo! Mas devo confessar que, para mim, você é um ponto fora da curva.
Geralmente, de forma certa ou errada - quem sou eu para julgar, quando partem o nosso coração das duas uma:
1) Se afunda na tristeza
2) Se afunda na tristeza por um tempo e depois 'desconta' pegando geral.

Não enlouqueçam a blogueira aqui! Tenham calma. Estou exagerando, mas via de regra é isso que acontece.

Chega lá a chuva de esquemas que com sorte pode ajudar a preencher o vazio escapando um ou outro da escala, mas a verdade ( por experiência própria de um passado meu e doa outros que observei) é que não vai colar o coração.
Relacionamentos acabam, mas a vida continua ... ( mesmo que se fique parado um tempo , se você não pegar geral, e fique só na merda )

Às vezes criamos muletas, tipo: aquele amigo (a) que sabemos que é afim e ficamos dando corda só para aumentar o ego ( que está deveras baixo).

Acontece com a maioria, o importante é não repetir o erro ou repetir, mas sabendo o que tá errado.

Uma coisa eu aprendi: quando alguém parte nosso coração teve nosso consentimento. Na nossa vida só acontece o que nós permitimos.

Você partiu meu coração, ai meu coração

Mas meu amor não tem problema, não, não
Agora vou me guardar então...
E resolver os meus dilemas,
Tudo direitim


Fica a dica ;)

Comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Ana Nívia da Silva19 de maio de 2017 14:51

    A D O R E I !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom :)
      Fico muito feliz com seus comentários e com todo o apoio que você dá ao blogue!!!

      Excluir



© Podia ser cor de rosa • Ilustração por Juliana Rabelo Desenvolvimento com por